Pezão reclama de Yamasaki e pede punição a árbitros. Dana aprova ideia

Artistas e CelebridadesEsportesMundoUltimas Noticias

Written by:

Brasileiro acha que luta foi paralisada de forma precipitada e que levou
golpes na nuca. Dirigente reclama de escolha do árbitro pelo tamanho

Por Las Vegas, EUA

A interrupção do árbitro brasileiro Mario Yamasaki na luta principal do UFC 160, entre Cain Velasquez e Antônio Pezão, pelo título dos pesos pesados, gerou reclamação do desafiante. Questionado se considerava que o combate foi parado rápido demais, Pezão respondeu que sim, garantiu ter sido atingido algumas vezes na nuca e sugeriu que os juízes passem a ser punidos quando errarem durante os combates.

Antônio Pezão e Junior Cigano após o UFC 160 (Foto: Marcelo Russio)Junior Cigano consola o amigo Pezão após o UFC 160 (Foto: Marcelo Russio)
  • Acho que (parou rápido demais) sim, mas meu pensamento é o seguinte. Quando o atleta faz uma coisa errada, é punido. Acho que o árbitro tem que ser punido também. Não tenho que falar nada, basta vocês verem o vídeo. Tomei várias pancadas na nuca. Ele esteve no vestiário antes e disse que a primeira (na nuca) seria uma advertência, e a segunda tiraria ponto. Eu tomei vários golpes na nuca. O Cain é um grande atleta, isso não é desculpa. Vou me preparar e espero voltar melhor – disse o lutador.

Ao ouvir a ideia de Pezão, Dana White concordou sobre punir os árbitros e disparou contra a escolha do “baixinho” Yamasaki para arbitrar uma disputa de título da categoria até 120kg. Para ele, Herb Dean é o melhor árbitro em atividade:

  • Adorei a ideia de punir árbitros. É a melhor ideia que ouvi em muito tempo. Yamasaki é o menor árbitro do planeta, e foi o juiz de uma luta entre os maiores pesos-pesados do planeta. Isso não faz sentido. Gosto de ver caras como Herb Dean lá. Ele acerta nove em dez.

http://glo.bo/18hZ5kh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.