MPRJ apreende drogas e 129 celulares em presídio de Campos

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Execução Penal, em conjunto com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) apreenderam drogas, celulares e outros objetos, em fiscalização realizada nesta quarta-feira (21/3), no Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos dos Goytacazes.

Participaram da operação cerca de 50 agentes da Coordenadoria de Inteligência e Segurança (CSI/MPRJ), do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP/MPRJ) de Campos dos Goytacazes e da Seap. A operação resultou na maior apreensão já realizada nessa unidade prisional.

Entre os objetos apreendidos estão 129 aparelhos celulares, três balanças de precisão e 12 relógios. Além de R$ 964,35 em espécie, foram encontrados 634 invólucros de maconha, 885 invólucros e dois tabletes grandes de cocaína.

As informações serão encaminhadas à Promotoria de Investigação Penal de Campos para dar início a investigações para apurar os fatos e as circunstâncias em que o material apreendido entrou no presídio. As drogas e dois presos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Campos para investigação. Os celulares seguiram para o setor de inteligência da Seap para as medidas cabíveis.

Coordenadoria de Comunicação
Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.