Filho de Ivan Lins se envolve em acidente de carro no Baixo Gávea

Rio –  O cantor, ator e apresentador Cláudio Werner Vianna Lins, de 40 anos, e a mulher dele, a empresária e ex-bailarina do Theatro Municipal, Alexandra di Calafiori, 42, se envolveram em um acidente de trânsito, na Praça Santos Dumont, na Gávea, Zona Sul do Rio, na madrugada desta quarta-feira. O veículo do filho do cantor e compositor Ivan Lins e da cantora, atriz e bailarina Lucinha Lins foi atingido por um táxi em um cruzamento do bairro e capotou duas vezes. O casal sofreu escoriações. Os dois motoristas se acusam mutuamente de terem avançado o sinal.

O acidente ocorreu por volta das 2h. O táxi Siena placa LPN-7505, dirigido por José Luís Alves da Costa, de 45 anos, seguia da Gávea para a Barra da Tijuca. Cláudio Lins e Alexandra seguiam para casa, na Gávea, no Citroën Air Cross branco, placa KXL-6115. Eles vinham da Barra da Tijuca, onde tinham assistido a pela estrelada pela mãe dele, na Cidade das Artes.

Cláudio Lins, de 40 anos, estava com a esposa no carro | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia

Cláudio Lins, de 40 anos, estava com a esposa no carro | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia

No cruzamento da Praça Santos Dumont com a Avenida Rodrigo Otávio, o táxi acertou em cheio a lateral do carona do carro do casal. Desgovernado o veículo capotou duas vezes. Os dois motoristas nada sofreram. A empresária teve arranhões e escoriações. Após o acidente ela deixou o local. O taxista afirma que a empresária dirigia o veículo e avançou o sinal. O taxista disse que ela aparentava ter ingerido bebida alcoólica.

“O jeito, o perfil dela, mostram isso. Três pessoas viram que foi ela quem avançou o sinal”, afirmou José Luis, convicto de que era Alexandra quem estava na direção do carro. O casal negou o consumo de bebida alcoólica.

A empresária rebateu e justificou a ausência no local após o acidente. “Pedi ao bombeiro para me deixar em casa porque precisava ver a alimentação do meu filho que ainda está sendo amamentado. Não mudamos de lugar. Quem estava dirigindo era ele (Cláudio). O mais importante é que meu marido está vivo, meu filho está em casa. Deus não quis que nada de grave ocorresse. Deus protegeu a gente. Estou viva, nasci de novo”, agradeceu Alexandra, que voltou ao local com o cantor.

Os dois motoristas se acusam mutuamente de terem avançado o sinal | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia

Os dois motoristas se acusam mutuamente de terem avançado o sinal | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia

Um taxista que estava em um posto de gasolina há poucos metros do local do acidente e pediu para não ser identificado, afirmou que Alexandra dirigia o veículo. Segundo ele, ela saiu da Avenida Bartolomeu Mitre e acessou a Praça Santos Dumont em alta velocidade. Ainda de acordo com ele, a empresária teria evitado colidir com um poste, mas acabou avançando o sinal e provocando o acidente.

O músico se defendeu dizendo que o taxista avançou o sinal. “Foi um susto grande, mas estamos bem. Vamos a delegacia fazer a ocorrência. O taxista avançou o sinal vermelho. Tem câmeras no local. Elas vão provar que não avancei o sinal e ela (Alexandra) não estava na direção, como está sendo dito”, disse Cláudio Lins, dizendo ser impossível uma troca de lugar dentro de um veículo capotado.

Uma perícia foi feita no local. O laudo ficará pronto em 30 dias. O caso foi registrado na 15ª DP (Gávea).

Fonte: http://odia.ig.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.