Especialista emocional dos famosos oferece dicas de como evitar o “Corona Pânico”

()

 

Chuva de informações, medos, inseguranças e incertezas andam rondando a mente da maioria dos brasileiros devido ao tipo de situação de emergência sanitária provocada pelo Coronavírus. A pandemia tem provocado muitas reações diversas seja nas escolas, nas empresas, nas famílias, na maneira de nos organizarmos socialmente, pois não havíamos enfrentado até então, nenhuma pandemia parecida como essa nos últimos anos.

Com o objetivo de atravessar esse momento hostil, o especialista emocional Leandro Cunha afirma que “necessitamos de esforços coletivos para que não se criem mais problemas do que já temos para enfrentar, é fundamental mantermos nosso controle emocional e buscarmos formas de reforçar isso em todos ao nosso redor”. Isso porque, ainda segundo o especialista, de cada 10 pacientes que ele tem atendido nas últimas 3 semanas, 8 estão extremamente abalados emocionalmente e precisaram aumentar doses de remédios para controlar a ansiedade.

“Sempre indico um psiquiatra ou médico especializado em saúde mental para receitar medicações, pois não é meu papel fazer isso. O problema é que as pessoas se desesperam e não querem “esperar” para tomar decisões corretas, agem por impulso e preferem se automedicar sem auxílio médico”, comenta.

Para o profissional, esse aumento de doses de medicações e também de pessoas se automedicando pois não procuram um profissional adequado, é extremamente preocupante para a saúde de modo geral das pessoas, tanto física, quanto mental, já que indivíduos emocionalmente abalados se tornam mais vulneráveis, e daí, acontecem baixas na imunidade das pessoas, o que só piora o quadro emocional de todos.

Como possíveis soluções para amenizar esse “surto coletivo”, o especialista afirma que “o mal-estar emocional provocado pelas “paranoias” pode ser controlado também com o auxílio de terapias alternativas, como o método fênix de inteligência emocional. Nele ensino diversos exercícios para que as pessoas passem a desenvolver um controle maior sobre seus pensamentos, sentimentos e emoções”, destaca.

Fique atento aos sinais

Se você não está percebendo nenhum sintoma, não está gripado nem nada semelhante, aproveite para observar seu estado de ansiedade, pois ela pode se manifestar de várias formas. Acordar e já ir correndo para saber mais novidades sobre o vírus por exemplo, pode ser um desses sinais de que você já não está conseguindo controlar a “necessidade” de saber sobre o vírus.

Evitar ver notícias sobre isso o tempo inteiro e tentar focar em outras atividades também são boas medidas, pois pensar insistentemente sobre um assunto, seja ele qual for, naturalmente vai agravar um quadro de ansiedade. “Busquem por fontes oficiais que falem sobre o vírus, como a OMS, tenham senso crítico e não caiam em fake news, compartilhem informações conscientes”, indica o especialista.

Leandro ainda acrescenta mais algumas dicas para lidar com esse momento, principalmente para quem já tem filhos: “medite, tente manter uma rotina saudável, aproveite para entrar em contato consigo mesmo, respire, vá fazer algo que goste, coloque um filme para ver com as crianças, busque por jogos para brincarem juntos, cozinhe…enfim, são tantas opções, basta colocar a criatividade para funcionar e aproveitar”, finaliza.

Sobre Leandro Cunha

Leandro Cunha é especialista e treinador em inteligência emocional, coach dos famosos e criador do Missão Fênix, evento de reconexão profunda em aspectos gerais do ser, que contou com a presença de mais de 1.800 pessoas, entre elas, presenças ilustres como Pastor Claudio Duarte, Dawn Watson, Marinara Costa, Ana Paula Almeida, entre outras celebridades. O especialista desenvolveu um curso de destaque, o Reset, seu primeiro curso 100% digital e online, onde a pessoa poderá reprogramar suas emoções tecnicamente com ferramentas práticas.
Além disso, o treinador também é escritor, roteirista e documentarista, que lançou neste ano o documentário “Sala Escura” com participações de famosos como Nadja Winits, cantora Luka, Marinara Costa, Gabi Oliveira e Cristina Mortágua.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *